Aproximação sucessiva


O comportamento é modelado pelas contingencias
É necessário termos algum tipo de repertorio comportamental dentro das limitações fisiológicas, para que possamos fazer aproximações sucessivas para que aos poucos cheguemos a um repertório mais funcional para determinada situação, um comportamento "final".
Uma criança geralmente quando começa a falar começa com pequenas silabas como PA PA o comportamento é reforçado com sorrisos, com parabéns dos pais e outros. A criança aos poucos começa a modelar esse comportamento até que chegue na verbalização PAPAI.
Imagina como seria complexo para uma criança sair já falando papai de primeira.
Assim como para nós seria muito difícil cantar uma musica em outra língua e que não tem similaridade com a nossa. Como a musica abaixo.



Postado por Ítalo Sobrinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado por Reforçar comentando no meu blog
Agradeço a visita e comentário! Logo ele será respondido!